A Associação de Medicina Intensiva Brasileira (AMIB) comemora 30 anos de atuação. Desde sua fundação vem trabalhando para fortalecer a especialidade e levar informações aos profissionais que atuam nas UTIs para que possam, a cada dia, melhorar o atendimento dos seus pacientes. Suas ações buscam congregar os médicos e outros profissionais da saúde que abraçam a terapia intensiva e o atendimento a pacientes graves ou de alto risco. E o objetivo da AMIB é sempre oferecer informações e formação para que esse atendimento seja referência em todo o mundo. Por isso o foco é sempre qualidade e segurança.

Hoje, são mais de 6.500 associados e representatividade em 25 Estados. No quadro social, estão cadastrados mais de 24 mil médicos e profissionais de saúde.

Uma de suas importantes missões é levar conhecimento e aperfeiçoamento a todos os profissionais que compõem as equipes de terapia intensiva. E, para isso, promove reuniões e atividades de educação continuada de caráter científico, tais como congressos, simpósios e cursos de atualização.

O Congresso Brasileiro de Medicina Intensiva já está em sua 15ª edição e é considerado o maior da América Latina da especialidade.
A valorização da especialidade é outro ponto de destaque, e a AMIB busca ampliar a cada ano o número de médicos intensivistas titulados à frente das coordenações das UTIs brasileiras.

E, para apresentar à população em geral e a outras especialidades médicas o trabalho desenvolvido pela equipe multidisciplinar que atua nas UTIs, a AMIB criou a Campanha Nacional Orgulho de Ser Intensivista.

Em 2010, o foco é segurança, e, para levar a mensagem, foram definidas palavras-chaves que estão presentes nas comunicações de materiais criados. São elas: segurança, processos, controle, precisão,prevenção, gestão, titulação, qualidade e especialização.

Também foram criados pôsteres e um livreto com personagens, como Cadu, Ester, Júlia e a pequena Gabi, que contam o dia a dia em uma UTI. O material está disponível nas salas de espera das UTIs de todo o Brasil. O formato ajuda os familiares a assimilarem, de maneira lúdica, situações relacionadas ao ambiente no qual seu familiar está sendo atendido.

Por meio da Campanha Nacional, a AMIB esclarecerá a populaçã sobre a importância da atuação desses profissionais para a
qualidade e a segurança de procedimentos no ambiente das UTIs.

Abrace essa ideia!

Ederlon Rezende
Presidente da AMIB
Biênio 2010-2011

 
     
 
Copyright 2010 © Associação Brasileira de Medicina Intensiva - Todos os direitos reservados